segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Almoçando sozinho

Ele almoçou sozinho e observou. Os trabalhadores dos escritórios se vestiam de forma parecida. Falavam parecido. Discutiam temas parecidos. Competiam pela diferença, mas loucamente se mostravam iguais. Ele pagou a conta. Foi para mais uma reunião que parecia importante. Todos pareceram satisfeitos, ele foi bem sucedido. E pareceu sorrir enquanto por dentro chorava. E pareceu vencer enquanto se perdia. Como os demais, ele também parecia. Mas não era.

Nenhum comentário:

Postar um comentário